Outono começa chuvoso no Paraná

Criado em 21/03/2018 12:42

Outono começa chuvoso no Paraná
 
La Niña perde força e chuvas tendem a diminuir durante a estação
 
O outono começa às 13h15 desta terça-feira 20 de março e termina às 7h07 do dia 21 de junho. Segundo a previsão climática do Simepar – Sistema Meteorológico do Paraná, a estação entra com chuvas e temperaturas variando de 18ºC a 32ºC no estado.

Dados do INMET - Instituto Nacional de Meteorologia indicam a probabilidade de um pequeno aumento de chuvas no sul do continente americano, confirmando o comportamento histórico do clima no Paraná durante o outono. "As chuvas devem variar muito entre as regiões, porém as variações tanto acima quanto abaixo ficam próximas à normalidade climatológica", observa o meteorologista do Simepar, Cezar Duquia. A previsão indica chuvas dentro da normalidade nas regiões central e central sul. Nas regiões oeste, sudoeste e noroeste, a tendência é de chuvas um pouco acima da normalidade. As ocorrências devem diminuir um pouco no litoral, na região metropolitana de Curitiba e no norte central. Segundo o INMET, em todo o sul do Brasil os volumes totais de chuvas devem variar entre 150 e 400 milímetros.
 
"A estação caracteriza-se pelo aumento de aglomerados de nuvens que podem causar drásticas alterações nas condições atmosféricas", afirma o meteorologista Duquia. Enfraquecido durante o verão, o fenômeno La Niña – que resfria as águas do oceano Pacífico – continua a perder força, conforme sugere a análise dos dados da NOAA – Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos EUA.

O outono costuma registrar nevoeiros e geadas mais frequentes nas regiões serranas do sudeste e do sul do país. A partir de maio, ondas de frio tornam-se mais constantes devido às frentes que se deslocam na área. Segundo o boletim do INMET, as temperaturas tendem a ficar mais amenas devido à entrada de massas de ar frio: as mínimas devem oscilar entre 12ºC e 18ºC e as máximas entre 18ºC e 28ºC.
 
AGRICULTURA – Quanto mais tarde o milho safrinha for semeado, maior é o risco para as lavouras, que ficam suscetíveis a danos e perdas por geadas a partir de maio, alertam as pesquisadoras em agrometeorologia do Iapar – Instituto Agronômico do Paraná, Heverly Morais e Angela Costa. Semeado com atraso devido à colheita tardia da soja causada pelo excesso de chuvas no verão, o milho safrinha estará em estágio de floração e frutificação.
 
A cultura do trigo deve desenvolver-se normalmente, pois estará na fase vegetativa, tolerante a baixas temperaturas. Em caso de previsão de geada, as plantações de hortaliças e café devem ser protegidas conforme as orientações técnicas do Iapar. Em meados de maio o Simepar inicia o serviço Alerta Geada, especialmente desenvolvido para orientar agricultores durante o outono e o inverno. Boletins diários são publicados nas páginas dos órgãos - www.simepar.br e www.iapar.br – e avisos são enviados por celular a agricultores cadastrados.
 
COLHEITAS – De origem latina, a palavra outono significa época propícia para as colheitas. Suas principais características são a queda das folhas das árvores em nuances amarelas e vermelhas e dos frutos amadurecidos sobre a terra, o tom acinzentado do céu, o abrandamento das temperaturas e as noites que começam mais cedo. Nas artes, a estação está associada a nostalgia, melancolia e introspecção.

FIGURA – Mapa de previsão de probabilidade de chuvas para o trimestre abril – maio – junho de 2018 no sul do Brasil – Fonte: INMET – Instituto Nacional de Meteorologia.

Entrevistas: (41) 33202020    imprensa@simepar.br


  • 20/3/18

    Verão será influenciado por La Niña


  • 20/3/18

    Inverno entra nesta quarta com frio e sem chuvas


  • 20/3/18

    Alerta Geada previne e reduz perdas agrícolas


  • 20/3/18

    23 de março - Dia Meteorológico Mundial


  • 20/3/18

    Outono começa com tempo instável e temperaturas amenas